Todos nós temos em casa coisas fuleiras, inadequadas, velhas ou que não curtimos muito. Essas coisas entraram na nossa vida de algum jeitinho maroto: compramos quando não tínhamos dinheiro suficiente pra investir num item de qualidade; ganhamos de presente; herdamos de alguém da família. Ou quem sabe até mesmo elas já foram boas e lindas, mas há muitos e muitos anos.

E a gente mantém elas, apesar de serem fuleiras, inadequadas ou velhas, simplesmente porque elas estão lá. Inércia.Queremos trocar por algo novo, algo melhor. Mas planejamos só nos livrar do que já temos quando já tivermos conseguido ou comprado esse “algo melhor”.

E é aí que mora o nosso erro.

Precisamos criar espaço para o melhor. O espaço vazio vai mudar a forma como a gente olha pra nossa casa, pras nossas necessidades e pra nossa capacidade de obter o melhor.

Talvez, jogando fora aquele sofá velho que você herdou da sua tia-avó quando foi morar sozinho e não tinha dinheiro pra comprar um, você descubra que você nem precisa de um sofá. De repente, na sua casa vai ficar muito mais bonito uma poltrona estilosa. Ou dois pufes. Ou umas almofadas no chão vão ser mais a sua cara.

Desapegar abre espaço pra você se redescobrir, repensar, refletir, achar a sua própria verdade. E o espaço vazio manda pro Universo a seguinte mensagem: eu estou pronto pro melhor na minha vida.

E talvez, quem sabe, você vá descobrir que o melhor na sua vida é menos, é mais simples mesmo. E você nem precisava daquele dinheiro todo pra substituir aquele item, porque no fundo aquele item nem era essencial na sua vida.

Você descobre que o espaço vazio é bom. E que você estava abrindo mão dele por uma coisa que era…bleh.

Agora substitua esse “item” ou objeto por “relacionamento”, “trabalho”, “pensamentos”, “hábitos”, “ações”. A Lei do Espaço Vazio se aplica a isso tudo!

Não espere encontrar um parceiro ou amigo melhor pra se livrar de um relacionamento tóxico. Não espere encontrar o emprego dos sonhos para se livrar de um trabalho que te faz chorar nas noites de domingo e acordar todos os dias como se estivesse indo para um enterro.

Não espere ter dinheiro pra se livrar de coisas que você não usa, são feias, ocupam espaço na sua casa. Não espere a segunda-feira pra jogar fora a junk food e começar a comer melhor, ou pra parar de fumar, ou pra fazer uma caminhada de manhã ou correr.

Crie possibilidades. Crie espaço pro melhor na sua vida.