Em outubro de 2013, me tornei a primeira Coach de Alta performance certificada no Brasil pelo Brandon Burchard, Coach e escritor #1 mais vendido do New York Times.

Uma das coisas mais importantes que ele diz – e ele repete isso exaustivamente ao longo dos treinamentos – é algo que eu sempre falo para os meus coachees e também para os meus amigos e parceiros de trabalho: “o senso comum não é a prática comum”.

Quando a gente lê um livro de desenvolvimento pessoal – ou “autoajuda” –, ou quando a gente faz um workshop ou treinamento, muito raramente a gente escuta alguma coisa inteiramente nova, que a gente nunca tenha lido ou ouvido falar em algum outro momento na vida. É o senso comum.

Se você já é meu leitor há algum tempo, a essa altura, já deve ter percebido que nada do que eu falo é mirabolante, mágico ou novo. Tudo já foi dito, desde os antigos a anteontem, por milhares de pessoas, desde escritores a gurus, passando por santos e personagens históricos.

Eu falo pra você fazer a sua lista de sonhos. Pra você mandar uma mensagem de bom dia pros seus amigos. Pra você abrir os braços e pedir o seu milagre. Pra você ignorar o seu medo e ir em frente. Pra você ter objetivos. Pra você pensar em quais são os seus desafios e como superá-los. O que há de novo em tudo isso?

Nada além de você mesmo. Porque, por mais que tudo isso possa ser o senso comum, se não virar a sua prática comum não tem nenhum valor. Saber que essas coisas são importantes, todo mundo sabe (ainda que possa ter esquecido momentaneamente).

Mas apenas quem colocar esse conhecimento em prática vai ter resultados, vai ter alguma chance de atingir alta performance. E não basta colocar em prática um dia, alguns dias, uma semana talvez. A palavra-chave quando se trata de autoconhecimento e alta performance é consistência.

Hoje, minha proposta pra você é que pegue uma só coisa que você tenha lido em qualquer texto meu, ou mesmo qualquer coisa que você aprendeu com seus pais, ou talvez seus avós, e transforme esse conhecimento na sua prática diária.

Crie o seu pequeno ritual.

Seja consistente.

E se surpreenda com os resultados.