E se o mundo fosse o quintal dos nossos filhos?

Fiz a minha primeira viagem internacional aos 16 anos. Aquele primeiro momento de estar em um país diferente, falando outra língua e vendo de perto outra cultura foi inesquecível. Foi ali que se fortaleceu a minha vontade de viajar e ver o mundo, de aprender mais...